terça-feira, novembro 23, 2004

A subsistência da escola depois do ano 2000 : comentário

A subsistência da escola depois do ano 2000 : comentário

Após ter lido o texto colocado pela Isabel fiquei com a impressão de que serve de complemento perfeito ao que eu tinha encontrado.
Ambos chamam a nossa atenção para o facto de a escola e sociedade não evoluírem ao mesmo ritmo.
As mudanças da sociedade ameaçam a escola. Esta não corresponde às necessidades actuais das crianças e da sociedade. A escola tem que mudar.
No entanto, se esta mudança for ao encontro da utilidade, do saber técnico e da tecnocracia predominante, corremos o risco de caminharmos para a desumanização da escola, esquecendo-se o seu papel promotor do desenvolvimento integral do aluno. E porque não do professor?
O texto realça a importância do desenvolvimento da Pessoa do Educador (Professor) e sobretudo da sua qualidade Relacional. Parece-me ser esta uma questão essencial. Para além da importância desta dimensão enquanto factor pedagógico, o professor é sempre um modelo e terá que ser um modelo que o aluno deseje seguir, não só em termos intelectuais mas também a nível de competências sociais e das suas qualidades humanas.

Sara Cardoso23 de Novembro de 2004

Sem comentários: