quinta-feira, novembro 24, 2005

A AVALIAÇÃO: A MUDANÇA EM PERSPECTIVA

Ao avaliarmos estamos a reflectir sobre o ensino.
A avaliação é um dos elementos mais complexos do processo educativo. “A avaliação é um processo pragmático que proporciona uma perspectiva exacta do que se está a passar em todos os níveis duma organização. Embora a avaliação envolva investigação e tese sistemático de dados, a sua ênfase principal residirá na clarificação das discrepâncias que existem entre metas e processos (objectivos e realidades) e na oferta de métodos para a remoção destas discrepâncias.” (Hayman Jr et al, 1979)
O professor avalia estando constantemente atento ao desempenho, verificando se há ou não evolução nos seus alunos, observando-os e sempre que possível estimulando-os no seu desenvolvimento. Por vezes não é fácil devido ao elevado número de elementos que cada turma contém. A própria prática pedagógica está, felizmente, exposta a constantes mudanças. Actualmente, o professor não é mero transmissor de conhecimentos mas sim criador de situações onde se privilegia pedagogias diferenciadas. A pedagogia das competências é prova disto mesmo: “...os alunos, protagonistas principais do processo ensino/aprendizagem, têm de aprender a construir os seus próprios saberes, a resolver problemas em contexto, a desenvolver práticas de auto-avaliação; por sua vez, torna-se necessário que as escolas adoptem práticas de gestão flexível dos currículos...” (Aníbal et al,, 2004)
O currículo deve ser trabalhado em função da diversidade dos alunos, de modo a que partilhem conhecimentos. A escola tem a função de socializar e propicia o encontro entre a cultura do meio e a cultura escolar. É relevante conhecer bem os alunos e o meio em que estão inseridos para poder ensinar e avaliar melhor.

Sem comentários: