terça-feira, novembro 01, 2005

Revista Escolhas: experiência na diversidade

Foi com alguma surpresa que na sexta-feira passada (28 |10|05), ao comprar o jornal Público, este me deu a conhecer uma revista periódica, gratuita, com o nome de Escolhas - 2ª geração.
Já na edição número 2, esta pertinente revista, vinha ao encontro da temática de reflexão sugerida pelo professor Varela de Freitas para esse dia, na disciplina de Currículo e Cultura. Pedagogias diferenciadas em educação multicultural.
Folheando a revista, constactei que versava artigos com noções associadas à multiculturalidade como cultura, minoria, etnia, discriminação, racismo, igualdade de oportunidades, multiculturalismo, educação multicultural.
Como não tive oportunidade de partilhar isto, deixo a ponta do véu levantada, para todos os interessados em saber um pouco mais sobre o programa que originou esta revista e que é financiado pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social. Não tinha consciência de que a nível nacional se desenvolvem tantos projectos relaccionados com crianças e jovens entre os 6 e os 18 anos oriundos de contextos sócio-económicos desfavorecidos e problemáticos. Abrangem ainda jovens com idades compreendidas entre os 19 e os 24 anos, famílias e outros elementos da comunidade, como professores, auxiliares educativos, etc.
Aqui vos deixo alguns exemplos de projectos a Norte, Centro e Sul.
Norte
· FAZER CAMINHOS/REGRALL - Projecto Transversal
Áreas do Centro Histórico da Sé e da Vitória, área envolvente da Escola EB 2.3 Ramalho Ortigão
· Pular a Cerca
Bairro do Cerco do Porto, Porto
· Aprender a Ser
Freguesias de Antas, Forjães e Vila Chã – Esposende, Braga
Centro
· Escol@contigo
Buarcos, Vila Verde e Tavarede – Concelho de Figueira da Foz, Distrito de Coimbra
Sul
· Anos Ki Ta Manda. Espaço para Aprender
Bairros 6 de Maio e Santa Filomena – Concelho de Amadora, Distrito de Lisboa

O Programa Escolhas foi criado pela
Resolução do Conselho de Ministros
nº4/2001, de 9 de Janeiro.
Numa primeira fase de implementação,
que decorreu até Dezembro de 2003, tratava-
se de um Programa para a Prevenção
da Criminalidade e Inserção de Jovens dos
bairros mais problemáticos dos Distritos
de Lisboa, Porto e Setúbal.
Terminado este período, partindo da
aprendizagem obtida e respondendo a
novos desafios, nasce, na sequência da
Resolução do Conselho de Ministros nº
60/2004, o ESCOLHAS – 2ª GERAÇÃO
Junho 2005, Apresentação do Programa Escolhas 2ª Geração, revista Escolhas #1, p.05

O seu website é: www.programaescolhas.pt

2 comentários:

Delfim Peixoto disse...

Fico contente por saber, como tu, que esta questão é partilhada pela sociedade civil e ( felizmente ) pela Comunicação Social que cumpre assim o seu sentido nobre: informar.
Achoque o endereço deverá ser http://www.programaescolhas.pt

AnaOliveira disse...

De facto o Escolhas tem tido um papel muito importante nos locais onde intervém e também no estabelecimento de parcerias e atribuição de financiamento. Esse projecto está implementado, também, no Bairro do Lagarteiro, no Porto. No presente ano lectivo o Projecto Mus-E concorreu a esse financiamento, mas não foi contemplado...