domingo, dezembro 31, 2006

Bom ano!

Embora já o tenha expresso na altura do Natal, renovo os meus votos de um bom 2007 para todos (tendo naturalmente uma palavra especial para a mamã Ana, de parabéns!).

6 comentários:

filomena disse...

Agradeço e retribuo com a mesma intensidade.
Um ano cheio de surpresas agradáveis.
Um abraço

Ana disse...

Prof. Varela agradeço a palavra especial... este "estado" tem sido uma constante e fantástica descoberta para mim... e de certa maneira também me tem feito sentir especial... Um abraço muito grande...

Delfim Peixoto disse...

Bom Ano a Todos (as). Que os sonhos se concretizem, com Paz e Saúde ao longo das quatro estações.
Delfim

Mário Barradas (marioseixal@gmail.com) disse...

Viva!
Estava a fazer pesquisas na inetrnet quando vi um link para a sua história de infância no Seixal. Está espectacular! Eu, de apenas 21 anos, consigo, através do texto, imaginar o Seixal daquele tempo. Sou director da banda da Sociedade Filarmónica União Seixalense, que também recorda dos seus tempos de infância.
Um bem-haja!

Varela de Freitas disse...

Meu caro Mário, não sei se aqui voltará, mas de qualquer forma quero agradecer o seu comentário. Há uns cinco anos voltei ao Seixal, em visita de saudade, e se facto muita coisa mudou ainda pude relembrar algumas das coisas antigas com as quais convivi na minha infância. Já agora, como curiosidade: o meu irmão, nessa altura, foi dirigente da Timbre... E se havia rivalidade, nessa altura!

Mário Barradas disse...

Voltei!
A rivalidade entre a Timbre e a União continua, embora menos acentuada após as pazes feitas no 1º de Maio de 1974.